Google

O errado entendimento sobre um MVP

em:23 de maio de 2012

Nesse tempo de Internet vivemos cheios de armadilhas e uma delas é acreditar que é especialista ou entende bem de assunto lendo apenas algumas notícias em blogs e portais. Fui vítima por um bom tempo dessa armadilha em alguns aspectos sobre startups e um deles foi sobre o conceito de MVP.

startup-enxutaMinimum Viable Product é um dos conceitos do Lean Startup, do qual Eric Ries é o maior evangelista da metodologia para construção de produtos, que principalmente se aplica as condições de incerteza e poucos recursos iniciais de uma startup.
Se você pretende construir algum produto ou serviço(principalmente na Internet) o livro do Lean Startup é leitura obrigatória pra você. A versão em português está apenas por R$ 29,90 no submarino, então pare de dar desculpas :)

Falando um pouco mais sobre MVP, eu fui apresentado sobre o conceito no final de 2010 já aqui no Brasil, quando nem havia livro por aqui, então uma série de ruídos já havia acontecido nesse caminho. Entendi a principio que era desenvolver o seu produto real em pequenos blocos ou conjunto de funcionalidades. Existe um grande gap disso para a realidade, quando você aprende através de fontes secundárias acontece esse ruído e aprendi muito bem: se um assunto é importante pra você estude na fonte, leia o livro do Eric Ries e procurando entender mais você vai perceber que o Steve Blank é uma das principais fontes dele caso você queira se aprofundar ainda mais.

O conceito mais importante que tenho hoje na cabeça sobre MVP é que não se trata de tecnologia, algo complexo ou muito bem acabado, mas sim de colher feedbacks e validar a sua hipótese o mais rápido possível. Alguns exemplos estão no livro temos alguns casos como o do GroupOn, que pra validar o conceito de compra coletiva começou com um blog anunciando ofertas e repassando os tickets para os clientes em um PDF feito manualmente. Outro caso é o da Zappos, que pra validar a venda de sapatos pela Internet abriu o seu site com alguns modelos e quando as pessoas compravam eles iam em uma loja física, comprava o par de sapato e enviava para a pessoa que comprou.

Então empreendedores, fiquem na cabeça que no início vocês possuem hipóteses que precisam ser validadas da uma forma rápida e com baixo custo antes de pensar em qualquer investidor ou algo do tipo.